FALTAM POUCOS DIAS PARA O FUTURO

(Para Bráulio Tavares)

2014. Lá se vão 30 anos depois da data prevista por George Orwell. Aquele do livro 1984 – uma metáfora sobre o controle da sociedade sobre o indivíduo. Dali tirei duas constatações: que como nos gibis do longínquo Flash Gordon, o futuro não é mais como era antigamente. Outra: quem mais lucrou com o Grande Irmão, personagem central do livro, foi Jon De Mol. Presidente da Endemol, criadora do reality BigBrother.

2014. Eu no futuro. Desço a escada giratória do Volkswagen Hall. Noite de inauguração da casa. O VH fica no finzinho de Boa Viagem. Onde antes eram as ruínas do Parque Dona Lindu. Que ainda pode vir a ser inaugurado caso nosso conterrâneo ex-presidente vença mais uma vez. Filho da mãe. Lindu. Mas voltando:

o show de Vitor Vinicius foi sensacional. Vivi é um multiinstrumentista multimídia daqui do Recife. Tá bombando no mundo inteiro. O site zeropontozero criado por ele 15 dias atrás virou coqueluche. Ontem foram 30.000.000 de acessos. Suas paisagens sonoras vem, desde o fim do ano passado, sendo retwittadas por internautas dos 6 continentes. Sua musica dá voltas sobre a Terra. Milhares de inputs simultâneos em altíssima velocidade cruzando o céu sobre nossas cabeças.
Todo esse sucesso de Vitor Vinicius não se deu por acaso. Desde a primeira infância seus pais o condicionaram ao mundo dos recursos musicais. Hoje, aos 7 anos de idade teve suas canções “Medo de ficar Velho” e “Tabuada Randômica” executadas no Central Park de Pequim por 6.000.000 de rigtones simultâneos. Uma honraria para poucos – como disse o gravurista Thom Yorke, ex-Radiohead. 6.000.000 de crianças chinesas com o celular apontado pra rede de satélites. Sorrisos e luzinhas azuladas contra o céu cinzento de fumaça. Uma zuada infernal. Barulho da Gota. Seus pais estão podres de rico. Fizeram o negócio acertado.

O show foi emocionante. Vivi tem sensibilidade e sabe conduzir a platéia com seus dotes magnéticos. E ainda é um puta músico.
Com os olhos e ouvidos cansados de tanta informação, resolvi espairecer. Botei os falantes no ouvido e liguei o DS Light, a nova geração do I-Doser (Drogas Sônicas leves). Botei 7.30 hz. Apareceu a palavra maconha. Dei play.

Usei uns vinte minutos o barulhinho bom de baixa freqüência. Desliguei. Fui encontrar Dani Hoover, minha mulher e sócia no Complexo Zé Estelita. O complexo fica no centro do Recife. 15 prédios de 50 andares ao lado das torres gêmeas. Entramos no Anjo Solto, que antes era na galeria Joana Darc.

Encontramos Lírio Ferreira e Tião. Falamos sobre o documentário deles sobre os 106 anos de Niemeyer. Chegamos a mesa de nossos compadres Aluisio e Taci. Ele, um fanático, não conseguia ocultar sua extrema ansiedada. E ainda faltam 9 dias para a partida final em Tóquio onde o super time do Sport poderia sair de lá com a taça do bicampeonato mundial. Léo Crivellare chegou na mesa e disse com seu ar irônico: FALTAM POUCOS DIAS PARA O FUTURO. Todos sorriram. Marcelo Pinheiro na mesa ao lado comentava sobre o Jornal Nacional de hoje onde todos os intervalos, todos os comerciais eram com Ivete Sangalo.

Chegamos em casa cansados. A TV ligada passava BBB15 com Zeca Camargo – que assumiu depois do acidente com Pedro Bial. O paredão era entre um albino africano e um anão de circo. Nem vi quem saiu da Casa. Dormi antes. Coisas da idade.

Anúncios

9 Respostas

  1. Aluisio Maluf

    Cheguei em casa e a TV estava ligada na cabeça de Lula Queiroga. Este recurso moderno que permite conectarmos nossos monitores diretamente na cabeça de alguém. Estava no canal sonhos (só prá quem é assinante), mas mudei imediatamente para o canal 8.654 e me espantei com o que vi…..

    2009/03/18 às 16:55

  2. laís

    dei play no futuro junto com lula!

    2009/03/18 às 21:59

  3. Lua

    Posso espalhar, feito corrente?

    2009/03/18 às 22:38

  4. Peu

    Um futuro juizo que nunca será usado.

    2009/03/19 às 14:39

  5. Evie

    Já virou meu blog de cabeceira…

    2009/03/19 às 16:20

  6. Fábio Passadisco

    Lula, nesse teu futuro ainda terá loja de CDs?

    (me arranja um emprego na Luni!)

    2009/03/19 às 22:39

  7. Fábio, claro que sim. Mas apenas duas ou 3. Uma delas a Passadisco que fica num lugar remoto chamado Estrada do Encanamento, terá se tornado a maior do NE com escadas rolantes, 300 funcionários e recebendo gente do mundo inteiro para fazer recarga dos seus aparelhinhos tocadores. Cd, mesmo, só na vitrine e o dono tem o maior ciume de suas relíquias.

    2009/03/20 às 11:13

  8. BT

    Lula: Fui lendo sem prestar atenção à data no começo. E fui comprando tudo a preço de fatura, aceitando tudo, acreditando sem hesitar. Alguns informações não batiam, havia coisas novas que eu desconhecia, mas afinal, é assim o tempo todo, eu não passo de um ermitão numa gruta de papel. De repente… qué qué isso? O Sport disputando o bi mundial??!! Ainda nem ganhamos o primeiro! Então me toquei, reli, e, “aaaaah…” Moral da História 1: Tudo que você escreve eu acredito até prova em contrário. Moral da História 2: O futebol é minha única âncora com o mundo real. Moral da História 3: Dia 18 de abril tamos lá.

    2009/03/20 às 14:52

  9. Pessoinha

    Texto de ler num fôlego só e de tirar o fôlego. Ufs, que lindo!

    2009/03/22 às 19:34

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s